O Espiritismo não é contra tatuagem

Não é segredo para ninguém —  e o próprio nome remete a isso — que o espiritismo se ocupa mais do espírito do que do corpo, do que é material. E segundo sua doutrina não há restrições ou proibições, apenas orientações, onde são observados prós e contras e cada um é livre para decidir o que melhor lhe convém. Dizem primar pelo livre arbítrio, orientando apenas o cuidado com o corpo físico. “Certas atitudes são verdadeiras agressões que, muitas vezes, ferem a parte adornada, causando danos irreversíveis ao corpo físico“.

Sobre tatuagens e piercings diz a doutrina espírita que deve imperar o bom senso para não impor mais sofrimento do que já foi escolhido ou está destinado a cada um durante essa passagem pela vida e, segundo eles, não é a tatuagem que define o caráter da pessoa. Mas, eles chamam a atenção para o que entendem por desenhos funestos ou sensuais ou ainda linguagem chula que poderão ser formadores de preconceito além de atrair espíritos funestos ou sensualistas que marcarão seu desenvolvimento espiritual que a pessoa levará consigo após sua desencarnação (morte).

O argumento principal dos espíritas é o esclarecimento. “Proibir nunca. Respeitar sempre”. No livro Dias Gloriosos usado pela doutrina diz: “Todo corpo físico merece respeito e cuidados, carinho e zelo contínuos, por ser a sede do Espírito, o santuário da vida em desenvolvimento.” (Joana de Ângelis). 

.

8 comentários:

Anônimo disse...

Existe ou nao o vale dos tatuados?

Rita Bandeira disse...

Ótima explicação. ..

Chai disse...

Muito obrigada pelo artigo. Gostei muito. Sou espírita de muita fé e tenho várias tatuagens. Cada uma delas simboliza algo o algum momento especial da minha vida, me ajuda como guia e sempre escolho motivos da natureza pois ela é Deus.

Ana Carina Kfuri disse...

Existe o vale sim, mas pelo q eu já li é composto por espíritos ainda ignorantes q n sabem oq é o amor. São espíritos q fizeram tatuagens de coisas ruins e consequentemente foram pessoas ruins enquanto encarnadas.

Amarisangela disse...

nunca ouvi falar na doutrina de um vale dos tatuados....acredito que estao confundo com os umbrais,pois la estao espiritos de acordo com sua conduta moral e nao com suas tatuagens...

Wesley Nascimento disse...

Estou pensando em tatuar o cranio de um esqueleto. É considerado funesto?

vitoria regia disse...

Eu sempre tive em min a Concepção de que as tatuagens não interferem em nada na nossa evolução, mais é claro como tudo gera energia e sempre bom fazer tatuagens que transmitam boas vibrações e ter bom senso.

Wilma Rebelo disse...

A doutrina não discrimina quem usa tatuagens. Da mesma forma no plano espiritual não há esse tipo de discriminação